Seguidores

:: LINK-ME ::


17 de mai de 2010

MEDO E PÂNICO


O medo rouba a liberdade de viver

prazerosa e vitoriosamente. Ele

destrói a vida e nos abate diante

das circunstâncias que se apresentam

em nosso dia-a-dia. Somente em Cristo

podemos nos libertar totalmente do

"espírito do medo e pânico" e vivendo

a plenitude da vida que foi conquistada

por Cristo Jesus. Tome coragem, e, pela

fé, definitivamente repreenda todo o

pânico e medo de sua vida. Seja

feliz em Cristo.

APÊLO QUE SALVA

Um homem estava preocupado em fazer um quarto a prova de som, já que ele tinha problemas com o filho que tocava uma bateria e ninguém agüentava a intensidade do barulho nas horas dos ensaios.

Contratou uma equipe para fazer a experiência de um quarto no fundo do quintal que fosse a prova de barulho.
Com o quarto quase pronto o homem pediu para que fosse feita uma experiência. Atendendo a solicitação o construtor pediu para um de seus empregados que lá estavam trabalhando que entrasse naquele cômodo e gritasse qualquer coisa, com toda a força que era capaz.
O empregado entrou no tal cômodo sem saber o que fazer.
- Vou gritar o que?
Ficou alguns segundos pensativo. Não tinha a menor idéia do que gritar. De repente num impulso gritou três vezes:
- JESUS ME SALVE...
O quarto construído no fundo do quintal estava na divisa de um terreno baldio, e ali havia chegado nessa mesma hora um senhor que desgostoso da vida, havia ido até ali para suicidar-se e quando levou o revolver até a altura da cabeça escutou muito longe aquele JESUS ME SALVE...
Lembrou-se de Jesus Cristo... jogou o revolver fora e foi procurar de onde tinha vindo aquele apelo... e chorando abraçou o autor dos gritos e agradeceu por ter-lhe salvo a vida.


Rui T. de Figueiredo

Onde está seu irmão?


Encontrei um menor na rua, sem camisa, costas nuas, sem sapatos, pés no chão sujos como a mente de tanta gente que se conforma com a situação:

- "Menino, onde está seu irmão"?

Encontrei um velho maltrapilho, sem bengala, sem o filho, sem amparo no mundo cão, perguntei-lhe de repente por que tanta gente se conforma com a situação:
- "Velho onde está seu irmão"?


Encontrei uma mãe solteira encaminhando-se para uma fileira que terminava na prostituição acomodados na triste sina conformavam-se com a situação:
- "Mãe solteira, onde está seu irmão"?


Encontrei um migrante e um patrício, chegados a pouco numa procura que não há quem não canse. Encontrei um louco, sem hospital, sem hospício. Todos sem chance, um aleijado com ofício, e um cego vendo com a mão. Perguntei sem conformar com a situação:
- "Ei, onde estão seus irmãos"???


Encontrei um sem teto E filho sem colchão, mãe sem afeto e mesa sem pão...:
- "Ei, onde estão seus irmãos???"


Encontrei um ex-prisioneiro marcado pelo erro que cometeu.
Encontrei um macumbeiro fazendo despacho para ateu.
Encontrei um excepcional sem centro de recuperação.
Encontrei um homem de quarenta vetado na profissão:
- "Ei, onde estão seus irmãos???"


- Irmãos???
- Ou pelo menos um irmão, cadê o próximo? Cadê o cristão?
Procurei e fiquei vermelho com o susto que me ocorreu...

Pois ao ver-me o espelho vi que o irmão era EU..!!!



O PERDÃO

Senhor, estou com dificuldade para perdoar aquela pessoa que tão profundamente me feriu.

Mesmo que eu relute, vejo-me tomada de ira e indignação e, em meio a estes sentimentos desarmônicos, sinto-me fora do meu eixo. Conceda-me, Senhor, o dom do perdão definitivo.
Que eu possa me lembrar que aquela pessoa, tal como eu, é imperfeita, erra e acerta, cai e se levanta, vive momentos de alegria e de tristeza.
Permita-me lembrar sobretudo, que ela é Sua criatura e portanto, digna e merecedora do meu perdão. Abrande o meu coração, Senhor!
Que eu possa verdadeiramente perdoar, para ser também merecedora do Seu perdão.
Tu és perdão infinito, Senhor!


(Fátima Irene Pinto)