Seguidores

:: LINK-ME ::


3 de mar de 2011

“MULHER”

               

Adoro a mulher que passa
E deixa rastro de perfume
Adoro a mulher que passa
E deixa a beleza no ar
Adoro a mulher que passa
E olha com desdém
Adoro a mulher que passa
E sabe do impacto que causa
Adoro a mulher que passa
E que nada precisa dizer
Adoro a mulher que passa
E nem se arruma para aparecer
Adoro a mulher que passa
Que faz da rua uma passarela
Adoro a mulher que passa
E não tem medo de não agradar
Adoro a mulher que passa
E joga com sedução
Adoro a mulher que passa
Sem medo de envelhecer
Adoro a mulher que passa
E sabe que
endoideço só de olhar.
(Eduardo Menk)

Um comentário:

  1. Que delícia foi entrar aqui e me deparar c um poema do meu filho Eduardo Menk, obrigada, isso muito me envaideceu.
    Boa noite

    ResponderExcluir

DEIXE O SEU COMENTÁRIO